4 de jul de 2007

Seja Como For

Para dizer a verdade, não sei o que quero dizer
Não quero pensar em saudade, nem quero lembrar de fazer
O que poderia ter feito ontem, mas que deixei para hoje fazer
Tudo o que pensava que seria fácil, e que a dificuldade me fez esquecer
E ao me lembrar desse dia, aparecem novos problemas
Encontramos diversos caminhos
E no fim mais uma vez nos perdemos
Nossa vida nos leva a crer em tantas coisas pequenas
Injustiça e ignorância em atitudes serenas
E seja como for, esteja onde estiver
Que ninguém pretenda querer aquilo que não se quer
E novamente vou resgatar a história que não sei contar
Tantas coisas que não sei fazer e as palavras que não vou lembrar
Não se desespere por tudo o que eu escrevi, por tudo que não falei
Por tudo o que não entendi, por tudo que não quis criar
E tudo o que apareceu de um pensamento em vão
Nunca em contramão com Deus.

Nenhum comentário: