4 de jul de 2007

Acaso

Pessoas se machucam e já não sentem
Carregam calos de um passado em seus corações
Se perdem em planos feitos sem medida
Vendem mapas pra uma ¨solução¨
Vamos culpar o acaso por tudo
Por todos nossos atos
Por querer mudar o mundo
Dói muito ver um sonho morrer
Mas dói mais ninguém perceber
Dizem que nada antes era assim
Hoje tudo tem um preço e um culpado no fim
Desse jeito, onde é que as coisas vão parar?
E quem é que vamos culpar?
Vamos culpar o acaso por tudo
Por todos nossos atos
Por querer mudar o mundo
Dói muito ver um sonho morrer
Mas dói mais ninguém perceber

Nenhum comentário: