11 de set de 2013

Pretéritos Imperfeitos

Hoje saindo da aula da noite na volta pra casa tocava no rádio uma música do Skank que nunca parei para prestar total atenção, embora sempre tenha achado muito bonita... trata-se de ¨Amores Imperfeitos¨.
E aí, deu vontade de escrever....
Segue o texto:

Pretéritos Imperfeitos (Wendell Léo)


Me cansam os pretéritos imperfeitos
Não que não sejam interessantes, mas são causas e efeitos
O ¨agora¨ é o futuro do pretérito, logo se transforma em ontem, vai embora, rarefeito
O Futuro do Presente... nele me deleito!

Talvez por não ter vivido esse tempo, esse sim será perfeito!
Há uma vida pela frente, sonhos e conquistas batem forte no peito
De pretéritos vivem os museus, e isso não aceito
O pretérito é sem futuro, e pra isso não tem jeito

Declaro óbito ao pretérito, com toda sua falta de respeito
Só serviu pra evoluir, transformar-me em homem-feito
O futuro do presente é amanhã acordar com o pé-direito
Mais encantador andar pra frente, o futuro não tem defeito

Nada é mais impositivo e indeciso que o presente e o futuro do subjuntivo
O imperativo sempre será negativo por mais que tente ser afirmativo
Nada é ¨mais que perfeito¨ que o futuro, por mais que queira o pretérito
O futuro do presente é o melhor tempo, vive-lo é honra ao mérito

O pretérito é um inquérito
O presente é convergente
O futuro é nascituro
O pretérito é um descrédito
O presente é intransigente
O futuro é mais maduro...
O pretérito é imperfeito!
¨Sei que amores imperfeitos, são as flores da estação...¨

11/09/2013

Nenhum comentário: