11 de mar de 2012

Técnico do Senado - 2012 - Adm. de Materiais - Caderno Branco


Normalmente o cálculo de Custos Fixos, Custos Varíaveis e Ponto de Equilibrio sem envolvimento com estoques não é considerado questão de adm. de materiais e sim de adm. financeira/matemática financeira. Sendo assim, esta questão é passível de anulação, pois estas matérias não constam no edital
Para ponto de equilíbrio ser de administração de materiais, deveria envolver a relação custo x produção, o que não é o caso do enunciado. No entanto, vamos lá: Ponto de Equilibrio, pelo conceito financeiro equivale ao lucro variável. É a diferença entre o preço de venda unitário do produto e os custos e despesas variáveis por unidade do produto. Isto significa que, em cada unidade vendida, a empresa terá um determinado valor de lucro. Multiplicado pelo total das vendas, teremos a contribuição marginal total do produto para o lucro da empresa. Em outras palavras, Ponto de Equilíbrio significa o faturamento mínimo que a empresa tem que atingir para que não tenha prejuízo, mas que também não estará conquistando lucro neste ponto. Sendo assim, se os custos fixos são de R$ 50.000,00 e os custos variáveis chegam a 60% do preço de venda unitário de R$ 50,00, podemos dizer que os custos variáveis chegam a custar R$ 30,00 por unidade.
Para então respondermos esta questão, precisamos encontrar qual a quantidade de itens que quando vendidas conseguirão cobrir os custos e não produzirá lucro. Se trabalharmos com 1000 unidades (opção A) teremos uma venda de R$ 50.000, gerando prejuízo de R$ 30.000,00 pois só conseguiremos pagar os custos fixos. Se trabalharmos com 2000 unidades (opção B), teremos R$ 100.000 em vendas, onde pagaremos os R$ 50.000 de custos fixos, mas não conseguiremos pagar os R$ 60.000 de custos variáveis, gerando prejuízo de R$ 10.000,00. Se trabalharmos com 2500 unidades (opção C) teremos uma entrada financeira de R$ 125.000,00, onde pagaremos os custos fixos de R$ 50.000,00 e conseguiremos pagar também os R$ 75.000,00 de custos variáveis, sem sobrar um único centavo. Então, a opção C está correta.

Nenhum comentário: