14 de set de 2007

Há Um Lugar

Há um lugar no fundo de mim
Onde me encontro comigo
Faz-me lembrar o meu poder sem fim
Naquilo que sinto e digo
É o meu refúgio de sonho
A minha fantasia
É a força em que ponho
A esperança de um novo dia
É a vida que sou e serei
É o meu condão
Onde encontrei
A metade escondida do meu coração
Há um lugar bem perto do céu
Onde o luar é branco
Onde as estrelas salpicam o breu
Num esborratar franco
Há um lugar que não tem lugar
Neste lugar do mundo
Encantos mil como um breve ondular
Do oceano profundo
Há um lugar sem nome e sem fronteira
Onde me perco ileso
A tua imagem surge firme e certeira
E aos teus braços fico preso

Nenhum comentário: