22 de fev de 2011

Então Morra, minha filha, morra!!!


Prefeito de Manaus briga com moradora de área de risco
MANAUS - O prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PTB), discutiu hoje com uma moradora de uma comunidade onde morreram uma mulher e duas crianças soterradas sob um barranco. O prefeito disse que as pessoas na comunidade Santa Marta, na zona norte da capital amazonense, ajudariam a prefeitura 'não fazendo casas onde não devem', ao que uma moradora não identificada retrucou: 'Mas a gente está aqui porque não tem condição de ter uma moradia digna'. O prefeito respondeu: 'Minha filha, então morra, morra.'
Depois, a moradora disse que, se era assim, 'então vamos morrer todos', ao que o prefeito questiona sua origem. Quando ela responde ser do Pará ele encerra a discussão dizendo: 'Então pronto, está explicado'. A discussão foi ao ar na íntegra no jornal TV Amazonas, filiada da Rede Globo.
A assessoria de imprensa da prefeitura não comentou o caso, mas disse que a Defesa Civil Municipal está cadastrando as pessoas na área de risco para providenciar casas alugadas. Vaias. Em 26 de novembro do ano passado, durante visita a Manaus do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Mendes foi vaiado pela plateia. 'Nunca na minha vida sofri esse tipo de constrangimento. Se o Amazonino não tiver a aprovação do povo, vocês vão ter outro prefeito, porque eu vou sair. Eu vou mandar fazer uma pesquisa e se for negativa eu renunciarei o meu mandato', disse o prefeito na ocasião.

REPERCUSSÃO
No site do DIÁRIO Online (DOL), que publicou ontem o vídeo da discussão, o caso se tornou a notícia mais comentada do dia. A maioria dos internautas, paraenses ou amazonenses, criticou fortemente a conduta do prefeito. Moradores de Manaus diziam-se envergonhados com o próprio representante e comentavam a postura desrespeitosa que Amazonino Mendes tem mantido em sua gestão. Sagila Maria, amazonense, disse que jamais concordaria com esse tipo de comentário preconceituoso. “Esse cara é um câncer para o Amazonas, que infelizmente já criou a metástase.”
Contudo, um outro comentário favorável ao prefeito ainda chocou pela frieza. Identificado como “Manauara”, o internauta questionava: “A mulher vem de outro Estado, sem condição nenhuma, vai pro meio de uma área de risco e ainda é culpa da nossa Prefeitura? Tenha paciência”, escreveu em seu comentário.
SEM INTERESSE
Procurado pelo DIÁRIO, o governo do Estado do Pará informou , pela Secretaria de Estado de Comunicação, que não se manifestaria sobre o caso por não considerá-lo de interesse público.

Veja no You Tube: http://www.youtube.com/watch?v=zjx01YyaELo, http://www.youtube.com/watch?v=a56rqAVjFfc
e a resposta depois do ¨mal entendido¨: http://www.youtube.com/watch?v=a31JBBGLuEU&feature=youtu.be


Minha resposta ao Sr. Amazonino Mendes: - Morra você, filho da puta!!!! Você e todos os políticos do Brasil!!!

Um comentário:

Brasileiro disse...

A cidade de Manaus eh xenofobica. Ainda vivem na epoca da borracha qdo algumas familias fizeram fortuna e permanecem ateh hj parasitando a regiao. O sentimento de soberba contaminou a populacao e eh impressionante a mistura do povo vindo do nordeste (ambicioso e trabalhador) com o povo indigena (humilde e acomodado), deu o povo manauara: ambicioso e acomodado. Nao eh a toa que perdem todos os cargos de lideranca para qualquer um de outro estado. Manauaras (civis): vao estudar e trabalhar um pouco pelo menos, por favor, o Brasil precisa de todos nos...