10 de set de 2011

Obrigado Marietta... 15 anos de amizade!!!


Obrigado minha irmãzinha!!! Me espera onde quer que você esteja!!! Um dia vamos nos reencontrar...
Te amo muito! Obrigado por tudo!!!
Vou sempre lembrar desse seu sorriso!!! Pra sempre comigo!!!
Como dói sua ausência!!! Dói muito!
22/08/1996 - 09/09/2011

É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser
Quando me lembro de você
Que acabou indo embora
Cedo demais

Eu continuo aqui
Meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você
Em dias assim
Dia de chuva
Dia de sol
E o que sinto não sei dizer...

Vai com os anjos
Vai em paz
Era assim todo dia de tarde
A descoberta da amizade
Até a próxima vez...

É tão estranho
Os bons morrem antes
Me lembro de você
E de tanta gente que se foi
Cedo demais!
E cedo demais...

Eu aprendi a ter
Tudo o que sempre quis
Só não aprendi a perder
E eu que tive um começo feliz...
Do resto não sei dizer

Lembro das tardes que passamos juntos
Não é sempre mais eu sei
Que você está bem agora
Só que neste Ano
A primavera acabou.
Cedo demais!

2 comentários:

Rodrigo Pereira disse...

Força e Superação Profº o Sr Consegue !

Flá Fialho disse...

Oi Wendell,

Leia esté texto que fala o que ocorre quando os animais morrem.
Beijos
__
O que acontece aos animais quando morrem?
O que acontece aos animais de estimação, por exemplo um cão que vive comigo, quando este "morre"? Acontece o mesmo que com as pessoas? Dá-se a desencarnação e ascendem a outros mundos? Tornam a reencarnar?
O Racionalismo Cristão explica que o Universo é constituído por Força e Matéria. Sabemos que a Matéria não possui atributos e é um elemento passivo e plasmável enquanto a Força é o agente ativo, inteligente e transformador. Isso significa que é a Força que dá vida e movimenta os corpos de todos os seres vivos, sejam eles seres humanos ou animais e até mesmo plantas.
A trajetória evolutiva da partícula de Força começa no átomo, no reino mineral, avançando pelo reino vegetal, passando para o animal até chegar o momento em que pode tomar posse de um corpo humano. Nesse momento essa Força passa a denominar-se espírito.
Baseado no que dissemos, podemos concluir que os animais têm uma partícula de Força que os anima e que essa Força - quando abandona o animal e este "morre" -, sobrevive, exatamente da mesma maneira que o espírito humano sobrevive à morte física. Os detalhes do que acontece a essa partícula de Força que se separa do corpo do animal não são analisados pelo Racionalismo Cristão, porque a nossa filosofia se preocupa mais com a evolução da humanidade, mas é de supor que a Força ascende ao plano próprio que esteja de acordo com a evolução dessa Força e daí volta a reencarnar, tomando posse do corpo de um animal semelhante ou não, mas que esteja ao mesmo nível de evolução.
Em todo o caso, podemos concluir, sem margem para dúvidas, que quando um animal morre a sua partícula de Força sobrevive e mais tarde volta a tomar posse de um corpo de outro animal, para continuar a sua trajetória evolutiva.

Força!!!
Beijos
Flávia