22 de mar de 2011

¨Depósito do Gouveia¨ - Só frequenta quem é MANÉ!!!

Não sei até onde é verdade... tomara que não o seja. Se o for, mais um exemplo negativo de atendimento em Brasília...

Segue abaixo relato de um ¨cliente¨ do ¨Depósito do Gouveia¨ (nome fictício) em alguma quadra da Asa Norte.
São atitudes como essa que farão sermos melhor atendidos... CONSUMIDOR PODE SER IMBECIL APENAS SE QUISER! PRECISAMOS APRENDER A RECLAMAR!!!
Lugarzinho que não frequento, e nem pretendo depois dessa...


Amigos,
Ontem, dia 12 de março de 2011, meu aniversário, resolvi comemorar no ¨Depósito do Gouveia¨, na XXX Norte, em Brasília. O ambiente e a roda de samba são excelentes, e a comida é boa, mas a desonestidade do estabelecimento é impressionante.
O início do problema foi quando um garçom, ao trazer um chope para a mesa, fez a marcação de 2 chopes no cartão. No exato momento do ocorrido, o garçom foi chamado e foi pedida a correção, e ele afirmou que não havia marcado dois chopes, mas apenas 1. Entretanto, disse que traria outro "de graça" em um tom jocoso. Em outro momento, ao trazer mais um chope, marcou o mesmo como sobremesa na comanda - que é mais cara que o chope. Mas o pior ainda estava por vir. Ao pegar a comanda para que pudesse trazer a conta, ele saiu com 12 feijoadas marcadas, mas voltou com 14. Pra piorar, em uma mesa de 14 pessoas, fez a cobrança de 18 couverts artístico (R$ 10,00 por pessoa).
Quando fui reclamar com o gerente, ele simplesmente disse que não podia fazer nada, e que o problema tinha que ser resolvido com o garçom. O garçom ainda se virou para nós e disse que estávamos errados desde o primeiro problema. Tivemos que ter uma baita discussão com o gerente e o garçom, chegando até mesmo a ter que voltar às fotos tiradas na comemoração do aniversário para certificar a cobrança indevida da conta.
No final das contas, retiraram a cobrança indevida, que era de mais de R$ 200,00, mas me questiono quantas pessoas já não passaram por isso e acabaram pagando a conta desonesta emitida por eles. Em outra ocasião, desta vez no aniversário de minha namorada, que também havia sido comemorado lá há 2 anos e meio, também houve problemas com a conta. Preferimos, na primeira ocasião, acreditar que se tratava de um erro honesto e que era um problema isolado. Entretanto, após este segundo problema e o tratamento dispensado, realmente a minha opinião é que se trata de um estabelecimento DESONESTO.
Fico me questionando quantas pessoas, em uma situação de celebração, em um bar conhecido por seus chopes, não tenham se atentado para o "erro" na conta.
Reitero minha opinião após conversar com outros amigos que também tiveram problemas com a conta no Armazém do Ferreira, e que concordam que são DESONESTOS.
Não sei se isso mudará a opinião de vocês, mas espero que pelo menos lhes sirva de alerta na próxima vez que forem ao ¨Depósito do Gouveia¨, na XXX Norte. Tomem MUITO CUIDADO com a conta de vocês.
Sintam-se à vontade para enviar este email para a sua lista de contatos. Quando o consumidor começar a reclamar, os estabelecimentos comerciais terão de mudar. Não somos nós que dependemos deles, mas sim o contrário. A força que temos com a Internet é muito maior do que imaginamos.
Se alguém quiser mais informações ou verificar a veracidade do email, estou à disposição.
Abraços,
Henrick Oprea

9 comentários:

Anônimo disse...

Já passei por coisas parecidas... quiseram me cobrar 14 chopps, sendo que tomei apenas 10! Faço as contas sempre! O bom é que pude provar pra eles quem estava errado! Não volto nunca mais naquela porcaria! Quer um conselho pra comemorar seu aniversário ano que vem? Vá ao Beirute da Asa Norte e procure pelo garçom chamado Lincon! É certeza de atendimento fiel e cortez! Abraços!

Anônimo disse...

Comigo aconteceu um fato. Passei o cartão, deu aprovado, mas não saiu a impressão. Eu disse: "mas, aprovou, dá para retirar o comprovante". O garçom disse: "não, é um erro que acontece sempre". Resumindo descontaram 2 vezes no meu cartão. Quando chegou peguei a fatura e fui no gerente, pedir o reembolso, inicialmente, não quis reembolsar, disse que era entre eu e o cartão. Para eu tentar com o cartão e caso não desse certo voltasse lá. Eu disse: "Eu vou tentar com o cartão, mas não voltarei aqui. Acionarei vocês judicialmente e cobrarei, inclusive, a gasolina que gastei para vir até aqui." O gerente, quando eu já estava indo embora, chamou-me para me reembolsar. Com aquela cara mais amarrada que se pode existir. Vi esse episódio também como safadeza do garçom, bem como do gerente. Nunca mais voltei lá. Não volto em nenhum lugar que sou mal atendido e faço bastante propaganda ruim com os amigos. Meus amigos já quiseram combinar de ir para lá, e eu falei vamos para outro. Dá minha parte, sei que já deixaram de arrecadar com certeza algumas vezes.

Anônimo disse...

Não gosto do beirute. Lugar para fumantes inveterados. Não existe área não fumante. Se você for para lá é obrigado a fumar e sem filtro. A vodka não é original e o chopp é meio batizado ou choco, não defini. Já fui umas 3 vezes. Mas, é um lugar que não vou mais.

Anônimo disse...

Caro Wendell Léo,

Com a falta de profissionalismo dos comerciantes de Brasília, que é uma coisa que me impressiona, tem todos os estabelecimentos, não só nos que existem bandidos conhecidos. Sempre faço marcação separada, deixando sempre isso bem claro. Já freqüentei locais que sabia que iriam tentar “roubar” na conta. Quando a mesa tem muita gente, basta combinar com o garçom de que os pedidos deverão sempre ser apresentados a determinada pessoa da mesa, para marcação e controle, informando previamente que, se isso não ocorrer, não será considerado na conta final. Houve ocasião em que, se somadas as parcelas, não daria o total que estava constando na conta. Temos que ficar atentos sempre, se não teremos que começar a nos reunir com os amigos em casa, o que não é uma ideia tão ruim assim.

Guedes disse...

Conheço a pessoa que fez o email que o Wendell postou. E verdade.

Att,

Rodrigo Guedes

antonia disse...

cara amigo queria te fazer uma pergunta o garçon que te atendeu foi o tampinha pra você espor a imagem dele dessa maneira como se ele fosse um bandido foi ele que foi desonesto com você,você nem conhece a pessoa do mesmo jeito que você não gostou eu também não gostei,você quer saber oque é honestidade chamasse tampinha ou melhor JOSÉ BRAZ RIBEIRO ele trabalha todo dia ele não tira nada de ninguem não muito menos de você da proxima vez bote a foto do garçon q lhe atendeu falou

Wendell Léo Castellano disse...

Tá feliz agora ¨antonia¨????
Realmente ele não tira nada de ninguém... quem faz isso é assaltante ou ladrão.
Basta apenas prestarmos atenção, que nenhum garçon ou outro profissional tira nada de ninguém... afinal de contas, estamos no Brasil, não é mesmo?
Crie seu próprio blog, ok?
Obrigado pela visita (inútil).

Joca disse...

Um tanto quanto ridícula essa discussão. Frequento o Armazém do Ferreira desde 2008 e nunca tive nada a reclamar do atendimento da casa. Mas erros acontecem. Acho muito injusto dizer que o garçom estava "roubando". Estaria fazendo isso pra quem?? Para o patrão?? Que vantagem ele teria nisso?? No máximo iria receber um pouco a mais na taxa de serviço (10%) que aliás, é opcional e não tem como o garçom saber se ela vai ser paga e se programar para marcar "umas a mais" com o intuito de aumentar sua "gorjeta". Deveria selecionar melhor as postagens do seu blog amigão.

Wendell Léo Castellano disse...

Prezado Joca

Primeiro: não sou seu amigão. Nem te conheço. Quem chama os outros de ¨amigão¨ geralmente é garçon...

Segundo: O blog é meu, eu seleciono o que eu quiser postar.

Terceiro: Concordo que a discussão é ridícula... sendo assim, porque perde seu tempo?

Quarto: Em que momento citei o nome real de alguma casa em Brasília? Quem está afirmando o nome de alguma casa é você.

Quinto: Qual o motivo do roubo de quem quer que seja eu jamais poderei explicar... não sou dessa laia para saber os motivos que levam qualquer casa ou pessoa a roubar alguém.

Sexto: Pensando da sua forma, todos os roubos em contas em todos os restaurantes, bares e afins são ilusões de quem passou por isso, não é mesmo? Afinal, o mundo é maravilhoso, as pessoas são ¨boazinhas¨ e jamais fariam isso uma com as outras... (em que planeta você vive???).

Sétimo: Não sou ¨twitter¨ pra você ficar me seguindo... tá incomodado? Crei seu próprio blog e poste o que achar conveniente.

A propósito, são tantas pessoas defendendo a postura de casas sem nenhum escrúpulo... a pedido dos donos desses estabelecimentos? Ou são os próprios donos/gerentes???

Grato